Influencers Americanos desistem de adotar bebé Tailandês por não poderem partilhar fotos

“Já não vamos adoptar da Tailândia”, dizem.

O casal de Youtubers Nikki Phillippi e Dan Phillippi iniciaram o processo de adoção de um bebé na Tailândia, em 2018. Contudo, descobriram que não poderiam partilhar imagens da criança durante o primeiro ano de vida e decidiram cancelar o processo.

A decisão, partilhada em vídeo no Youtube em Maio de 2018 deles,  gerou muitas críticas.

Nikki e Dan partilharam um testemunho onde referem que após a adoção, “o bebé passa a ser nosso, mas devido a leis do país de origem, não se pode partilhar informações, imagens ou vídeos do bebé durante o seu primeiro ano de vida”.

Parto em casa na água

O casal teve um bebé de forma natural e partilhou o nascimento feito em casa no YouTube, em Fevereiro 2020.

Esta impossibilidade de divulgação do rosto e dos dados da criança é pelos vistos lei na Tailândia.

Criança raptadas são procuradas pelas Mães

O que quero realçar sobre este acontecimento é que as crianças não são de ninguém, não são objectos e não podem ser vendidos nem doados.

As crianças não podem ser objectos de marketing. Mas considero também importante que uma criança que tenha sido realmente abandonada pela Mae e que precise de ajuda de terceiros pode ser exposta.

Só as crianças roubadas as famílias, cuja Mãe anda a procura delas é que não pode ser exposta nas redes sociais.

O meu filho Santiago foi raptado pelos serviços sociais com apenas 5 dias de vida. Hoje eu sei que adopção é um negócio e uma criança vale muito dinheiro. O tráfico de crianças é legal.

Eu procuro o meu filho Santiago e sei que o vou encontrar. Desde o dia 4 de Março de 2016 que não o vejo. Por amor ao meu Santiago eu faço a exposição dos raptos dos bebes para adopção, chamada de adopção forçada.

O que pensas sobre isto? Muito obrigada pela tua leitura e claro, deixa o teu comentário em baixo.

Beijinhos,

Iolanda

PARTILHE

1 thought on “Influencers Americanos desistem de adotar bebé Tailandês por não poderem partilhar fotos”

  1. Depois do que vi,um nascimento é sempre bonito.
    O nascimento do nosso Santiago foi maravilhoso,parece que foi hoje ,lembro me de tudo.
    Este tem um final feliz ,fica com os pais.
    O nosso Santiago,não teve infelizmente está sorte,tenho a certeza que já estava “ encomenda “ para alguém
    que pagou muito bem (€€).
    Não aceito que se adote crianças.
    Se não querem ter as dores de parto ,nem estragar o corpo ,por vezes o mau estar da gravidez,aceitem as vossas condições ,o vossa natureza de mulher não fértil.
    Parem de roubarem bebés as famílias biológicas.
    Quero acreditar em Deus , que o nosso Santiago vem ao encontro da sua família biológica.

    Avó do Santiago
    Paula Correia

    2
    0

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

pt Português
X
0

Your Cart